Veneza: a cidade mais romântica e mais fotogênica da Europa

Por Gabriela Westphal >>

Por onde começar? Murano

Muita gente opta por não fazer o passeio à Murano porque já encontra muito material de lá por Veneza mesmo. Mas a ilha tem muito mais a oferecer do que apenas a compra de peças de presente e decoração. Além de ser um lugar muito agradável pra passar o dia ou algumas horas, ter a oportunidade de ver as peças sendo criadas é a melhor parte da brincadeira. Sempre que temos a chance de ver algo ser feito do zero, damos muito mais valor à obra em si. Nossa primeira dica de Veneza começa por aí: vá até Murano!

Veneza

Segundo passo: perder-se por Veneza

A segunda dica é se perder pela cidade. Literalmente e figurativamente. Veneza só pode ser feita a pé e recomendamos que você a faça sem mapa (pelo menos durante o dia ou por algumas horas). Permita-se entrar em lugares fora da rota turística, entrar em ruelas que chamam atenção e comer em cafés com cara local. Nessa parte, a gente dá a dica número 3: cuidado com a propaganda enganosa! Em nenhum outra cidade, nos sentimos tão enganados quanto em Veneza. Nada é de graça e se você não fala italiano, não confie nas traduções pro inglês. Pergunte, questione, mas tente se comunicar e confirmar as informações antes de se sentar à mesa. Pagamos o dobro do prato em um restaurante pra turista, onde a pegadinha era que o valor era por pessoa, e não por prato (em inglês esqueceram de colocar esse detalhe e não olhamos a versão em italiano). Portanto, confirme!

veneza

A última dica seria parar pra tirar fotos. Veneza foi uma das primeiras viagens que fiz na Europa. Não tinha iphone naquela época e as fotos eram mais daquelas que a gente coloca em álbuns e depois nem lembra daonde era. Mas Veneza, além de ser uma das cidades mais românticas do mundo, é também uma das mais fotogênicas. Assim como Paris, vale a pena perder um tempinho a mais pra tirar aquela foto ou esperar pra ter menos gente passando atrás. O resultado irá te surpreender e as fotos ficarão pra sempre!

Deixe uma resposta